Inchaço em face de criança cujo pai pede ajuda na internet é resultado de alergia à medicação administrada em casa

De acordo com o Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste, menino tem alergia a Paracetamol

A direção do Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste, onde o menor R.F.A.B vem sendo atendido, desde a última sexta-feira (16/08), afirmou que o edema apresentado na face da criança é uma reação alérgica ao Paracetamol, medicação administrada em casa pelos pais. Segundo o hospital, o menino passou por três avaliações com neurocirurgiões nas três vezes que a unidade foi procurada e por duas tomografias. Tanto os exames de imagem quanto físicos não apontaram fraturas nem coágulos.

A criança, vítima de queda, deu entrada inicialmente na sexta-feira (13/08) quando passou pela primeira avaliação com o médico neurocirurgião que solicitou a realização de tomografia. O exame não identificou trauma e, após a conclusão da medicação e avaliação, o médico deu alta. Segundo os pais, o acidente doméstico se deu há dez dias.

No domingo (15/08), a criança retornou ao hospital, foi submetida a uma nova tomografia que, novamente, não apresentou sinais de lesão grave que apontasse para intervenção. Após medicação, novamente foi concedida a alta médica.

Nesta segunda-feira (18/08), após um vídeo gravado pelo pai do menino circular nas redes sociais, pedindo ajuda, a criança foi reconduzida pelo serviço social para uma nova avaliação com neurocirurgião. Novamente, não foram identificadas complicações, sendo a criança encaminhada à pediatria da unidade. A médica solicitou novos exames laboratoriais para investigar possíveis infecções que também foram descartadas, decidindo manter a criança em observação sob medicação para acelerar a redução do inchaço.

O Hospital informou que a criança está bem, segue acompanhada da mãe já tendo recebido a visita do pai.

APOIO DA PREFEITURA

BOLETIM DA CRIANÇA | Esse é o boletim da criança que está internada no Hospital Joãozinho. Apesar do vídeo continuar rolando e muita gente achando que nada foi feito, leiam o boletim médico e tirem suas dúvidas. Desde o primeiro momento que o prefeito soube da informação movimentou sua equipe para ajudar, tudo comprovado por ligações, mensagens e comprovante de transferência. Quem falar que a Prefeitura Municipal não está dando apoio estará agindo de má fé. Inclusive temos áudios de todo o processo de apoio a criança na capital do estado. É lamentável e ao mesmo tempo estranho que estejam agindo como se a criança ainda estivesse sem o devido apoio. A equipe do Hospital Joãozinho vem dando todo suporte necessário com o serviço social do mesmo e a Assistente Social Fabiana da SES. O funcionário da Prefeitura, Inaldo Andrade Chagas, com apoio do Katio Travessa, estão acompanhando tudo. As secretárias Soraya Almeida de Sousa e Aila Carla, estão em contato com os profissionais aqui e em Manaus para saber sobre o andamento do atendimento por determinação do prefeito Anderson Sousa.

You may also like...